24 de mai. de 2011

É hoje: 1ª Mostra Noiva Plaza Baía Norte

23 de mai. de 2011

Pousada Ecomar - Aline e Luciano

Para estrear os casamentos na pousada Ecomar, celebramos a união de Aline e Luciano, um casamento preparado para representar a bela paisagem e o quão emocionante pode ser o grande dia nessa linda pousada em meio a natureza.





Acesse o Mari Ferraz Recomenda e conheça nossos parceiros neste evento!

Todo lar precisa de um Harvey


Um vídeo ótimo pra começar bem a semana.

22 de mai. de 2011

Pet Cerimonies: entenda o sentido de uma celebração para o melhor amigo!


Quando um animalzinho de estimação nasce, damos a ele carinho, atenção e cuidado, primeiro por que são frágeis e necessitam de nós e depois por que retribuem este carinho ao longo da vida sendo nossos companheiros inseparáveis cuja única missão é tão somente nos agradar.
As pessoas amam seus animais de estimação e os consideram membros da sua família. Famílias nos EUA se ofendem se atribuirmos o personal pronouns “it” para seus animais de estimação, referem-se a eles com os pronomes pessoais “He”, “She” e “They” utilizados para designar “pessoas”.  E os animais muitas vezes como membros da famíllia, nos fornecem companheirismo, aceitação, apoio emocional e amor incondicional durante todo o tempo que compartilham conosco.
A Celebração Para O Melhor Amigo, oferece uma maneira de comemorar nossos animais de estimação e animais companheiros durante toda a vida. Quer marcar a chegada deles em nossas casas com uma família que é acolhedora, podemos fazer uma cerimônia de nomeação ou formalmente de  homenagem a cães-guias especialmente treinados pelos serviços que prestam aos seus donos deficientes ou que se aposentarem a partir de suas vidas profissionais, cerimônias para companheiros animais nos dão a oportunidade de aceitar a responsabilidade, doar um nome, prestar homenagem, com narrações ou criar um memorial permanente ou simplesmente prestar nossa gratidão a estes fiéis companheiros para todas as horas.

Para maiores informações sobre Pet Cerimonies, fale com José Ferraz celebrante através do e-mail falecom@joseferrazcelebrante.com .

20 de mai. de 2011

Você sabe como funciona o serviço de Bartender?



O bartender é o profissional responsável por toda a parte de coquetelaria em um bar, desde a criação e desenvolvimento de drinks, até as manobras com garrafas conhecidas por flair. Ele mistura sabores, texturas, cores e ingredientes, assim como um chef de cozinha, sempre mantendo o cuidado para que as receitas não fujam dos padrões da IBA – Associação Internacional de Bares.
A cultura de degustação de drinks em eventos está em ascensão. Cada vez mais os bartenders são requisitados em aniversários, bodas, formaturas, casamentos e até eventos empresariais. Em Santa Catarina, a Kamikase Bartenders é uma das empresas mais antigas do segmento.
Há mais de 13 anos no mercado, é reconhecida não apenas por levar sabor a eventos de todo o estado, mas também por ser responsável pelo entretenimento, área que é especializada. Com profissionais capacitados, treinados semanalmente,  e uma equipe jovem, a Kamikase é garantia de animação e sucesso.
A grande novidade da empresa são os drinks moleculares, espécie de drinks sólidos com consistência gelationosa, cremosa e até gasosa. A técnica vem da gastronomia, e faz uso da química e física para proporcionar uma nova experiência sensorial.
A Kamikase Bartenders é a única empresa na região Sul a fazer uso da mixologia molecular, o que agrega singularidade e sofisticação ao seu evento. 





Promoção Blog da Mari e Salão Fine

No dia do lançamento oficial do Blog da Mari as novidades não param.

Promoção Blog da Mari e Salão Fine - Curso de Auto-maquiagem.

Regulamento:

Para participar é fácil:
- Você precisa seguir o @mariferrazblog no twitter.
- e dar RT no tweet da promoção.


O sorteio acontece na próxima sexta-feira, 27 de maio às 14 horas.
Promoção válida apenas para moradores da Grande Florianópolis

Não deixe de participar.

Já conhece o Salão Fine - Cabelos e Estética?
Clique aqui e visite o site do nosso parceiro!

Coluna Mari Ferraz - Meu Casamento

Para começar o dia de estreia oficial do Blog, nada melhor do que a própria Mari Ferraz que promove tantos casamentos, falando do seu próprio casamento.



Meu casamento

Nossa! Quando saiu meu divórcio nem acreditei. Gente... levou 16 anos, alguém aí acredita nisso? 16 anos de verdade!!!! Nesse tempo todo, O José estava me cobrando o Ferraz que é dele  e tal, mas eu sabia que no fundo, ele queria era mesmo oficializar algo que vivíamos a 15 anos.
Decidimos fazer Bodas de Cristal com efeito civil e acrescentar o tão esperado Ferraz ao meu nome que eu utilizava indevidamente. Dúvida cruel: Quem iria celebrar o casamento de um Celebrante? Como sou apreciadora da Cultura budista e já havia organizado alguns casamentos com cerimônia budista, optamos pelo Monge Ghenso, do Zen Budismo, uma pessoa maravilhosa...
Comecei os preparativos; local, buffet, foto, filmagem, etc etc, etc. Para quem organiza eventos toda semana teve sua parte fácil, todos os fornecedores escolhidos além de serem os prestadores de serviços, eram amigos. Já conhecia o trabalho e também o modo de trabalhar, o que tinha de combinar com nossa maneira de ser. O lado difícil, foi querer mais que um fornecedor do mesmo serviço, pois apreciamos o trabalho de vários fotógrafos, vários cinegrafistas, boleiras, doceiras, decoradoras, mas, só podemos ter um de cada, não é!!! Os que não trabalharam foram convidados e se divertiram, aliás, os que trabalharam divertiram-se também...
Em menos de quinze dias, tudo pronto e era só fevereiro, meu casamento foi marcado para 19 de dezembro, data que também comemoramos o aniversário do José. O que fazer com o resto do tempo? Tempo, que tempo?
Todo meu tempo é dedicado a organização de eventos e a realização dos eventos organizados.
Quando me dei conta já era dezembro. Nossa, dezembro também passou muito rápido e quando eu vi já era a semana do MEU casamento. Nessa semana tínhamos um casamento na sexta feira e quatro no sábado.
Finalizei meu evento do dia 18 as 04:30 da manhã, chegamos em casa perto da hora de acordar. Lembro que dormi bem pouquinho e logo as meninas chegaram para me ajudar. Levantei que nem senti. Fomos ajudar a Cassi a decorar. Chegamos no Beach Village e na Pousada dos Sonhos. Fizemos acho que umas quatro viagens com a ajuda do Charles ( marido da rosangela Souza ). Depois que descarregamos tudo, ainda fui ajudar a organizar o espaço do beach Village. Acreditam que eu esqueci que ia casar, estava tão envolvida na organização que não vi o tempo passar. Foi quando a Vitória disse:"Mari você tem de se arrumar".
Portanto, pasmem, mas descobri que era a NOIVA DO DIA as 14 horas e como toda noiva, já estava atrasada para o make.
Fui me arrumar na suíte do Hotel baía Norte, com uma vista bem privilegiada, quem gostou foi o Emerson Correa que fez peripécias com meu vestido, para aparecer a ponte e tal. A denise do Fuzz, já estava me esperando no hall do hotel, corremos para o quarto e demos início a arrumação.
Genteeeeeeeeeeee, eram 15 horas e eu estava começando a me arrumar, tomar banho, etc etc..., o casamento marcado para as 18 horas, sem possibilidade de atraso, pois o tempo estava virando....
Pasmem, mas as 1745 eu já estava pronta. Aqui entre nós, eu sou muito rápida e prática. Mas na hora de colocar o vestido me deu um medinho e pensei: Nossa, agora não tem volta!!! Porque fui inventar tudo isso... Toda essa gente me olhando, me esperando, ai ai ai, vê noiva casando todo sábado, já estava bom né... pra que ser noiva... Meu Deus! Que frio na barriga! Mas.... dizia minha mãe: Ajoelhou tem de rezar!
Lá me fui, com um carro lindíssimo que o Rufino trouxe, um das antigas, que o Frederico tinha de ir bem devagar, por causa do motor, Jesus ... não chegava nunca e todo mundo me olhando, imagina, fim de domingo, todo mundo voltando de Jurerê e eu indo para Jurerê, quase nem chamou a atenção!!! Todo mundo tirando foto, me desejando felicidades e tal...
Chegamos na pousada as 1805 e o cortejo começou. Logo que a Vitória chegou no carro, fui perguntando se tinha vindo todo mundo. Quando ela disse Sim, fiquei mais tranquila.
O José veio me pegar no carro e ele já estava chorando, ele conseguiu chorar o casamento todinho, foi incrível.
Na hora das alianças, minha cachorrinha Pit, entrou junto com a Thuanny, pois era muita novidade e ela não conseguiu entrar sozinha. Mas, fiquei bem feliz da Pit participar da nossa celebração.
Depois da celebração, fotos, fotos, fotos, posa aqui, vira ali, beija, segura o bouque, levanta o bouque e falando em bouque.... diga-se de passagem que bouque mais lindo a Cassi fez! MARAVILHOSO, não vou dizer que foi fácil segurar, porque estaria mentindo, estava pesado, mas... se tivesse de repetir queria igualzinho, igualzinho! Voltando as fotos, sabe aqueles 20 minutinhos, em que todos os convidados estão chegando no salão e estão recebendo uma bebidinha? Os noivos estão posando aqui, virando ali, não é fácil não! Mas O Emerson Côrrea arrasou....
Chegou a hora de entrar. Vocês não tem noção de como é booooooooooooooooooom, é uma sensação ÚNICA, parece que toda aquela alegria dos teus convidados, da música entra na gente e parece que explodiremos de tanta alegria. Nunca senti absolutamente nada igual até hoje.
Depois as homenagens que as meninas da minha equipe fizeram, foi inesquecível também. Aliás, essas meninas são maravilhosas.
O momento esperado: Festa!! E no comando o DJ Felipe, arrasouuuuuuuuuu...
Uma delícia, parece que a gente não está lá, não sei explicar, só sei que não queremos que aquilo acabe nunca.
Mas tudo que começa tem de terminar...
Hoje tenhos fotos, filmagem e uma lembrança viva em minha memória e em meu coração.
Depois da experiência de casar, consigo entender cada noivinha que passa por mim, tenho muito mais carinho, muito mais calma e tranquilidade, pois sei o que cada uma está sentindo e querendo. Sei muito bem o que é passar no tapete com todos os olhos voltados para ti,o frio na barriga e o único pensamento: Tem de ser PERFEITO!!!!!
Meninas, aproveitem cada minutinho do dia do seu casamento, é ÚNICO é INESQUECÍVEL!!!!

19 de mai. de 2011

Amanhã tem Lançamento do Blog da Mari no Bom Dia Santa Catarina

Segue a maratona de lançamento do Blog da Mari na mídia. Amanhã no Bom Dia Santa Catarina, da RBS TV, Mari Ferraz e Josué Lemos estarão presentes para falar de etiqueta e do blog. 
(Divulgação)

Mari Ferraz e Josué Lemos no Estúdio 36 da TVCOM

Hoje à noite a produtora de eventos Mari Ferraz e o especialista Josué Lemos da Silveira são os convidados do Estúdio 36 da TVCOM, canal 36 da Net.

Você pode assistir o programa ao vivo clicando aqui!

Saiba um pouco mais de Josué Lemos da Silveira:


Josué Lemos da Silveira é professor efetivo de Etiqueta Social dos cursos Superiores da Academia Policial Militar do Guatupê, no Paraná. Pós graduado em Administração Pública pelo IPARDES-FGV, e bacharel em Educação Física, foi instrutor na Pontifícia Universidades Católica do Paraná e professor convidado de Etiqueta Social em diversas empresas e entidades, entre as quais a Casa Militar e o cerimonial do Palácio Iguaçu, sede do Governo do Paraná.



JOSUÉ LEMOS DA SILVEIRA
AUTOR DO LIVRO: ETIQUETA SOCIAL PRONTA PARA USAR - ED. MARCO ZERO
INSTRUTOR E PALESTRANTE: MARKETING SOCIAL, PESSOAL E PROFISSIONAL


Leia os textos de Josué Lemos da Silveira para o Blog da Mari

4 de mai. de 2011

O Casamento Real


       A cultura e os costumes de quase todos os países, inclusive o Brasil, recebe forte influência dos costumes europeus.

            O comportamento, a etiqueta, a moda e a culinária tem muito da cultura e dos costumes da Inglaterra, França, Itália, Espanha, Portugal, Alemanha e outros. Particularmente, no que se refere a eventos e solenidades, segue-se bastante a etiqueta francesa e inglesa.

            Na verdade, e com razão, há uma admiração pela elegância e pelas atitudes das pessoas desses países.

            Assim, um casamento na família real inglesa, só poderia mesmo atrair a atenção de todos os brasileiros. Primeiro, porque príncipes, princesas e castelos fazem parte dos roteiros dos contos que embalam o sono, o sonho e as fantasias, desde a infância, de todo o mundo. Segundo, ver o que acontece e, nisso, um casamento real dá uma aula de como muitas coisas devem ser.                      

    Noivado é uma promessa de casamento que brevemente deverá acontecer. A etiqueta recomenda que o tempo de noivado não seja maior do que seis meses. Afinal, o noivado é um aviso de que o casamento está próximo.

            Muitas pessoas, por seus motivos pessoais, noivam muito rapidamente, com pouco tempo de namoro, sem ter a segurança necessária, estrutura financeira ou afetiva,  e permanecem noivos por demasiado tempo. Envolvem as famílias e depois ainda rompem o relacionamento, gerando enorme desgaste para ambos e para as respectivas famílias.

            Portanto, os noivados devem ser breves.

    O anel de noivado, além da aliança, é uma tradição que solidifica o simbolismo do casamento. O casamento real reforçou que o anel, principalmente se for uma jóia de família, é um símbolo único do amor e do verdadeiro compromisso.

            Afinal as alianças podem ser parecidas mas os anéis são únicos.

    A participação financeira nas despesas da festa, dividida entre as duas famílias, como foi no casamento real, é o certo.

    O horário da cerimônia e recepções, sem atrasos, para noivos e convidados é o correto. Noivas atrasadas para a cerimônia religiosa, não deve ser visto como uma tradição. Na verdade, é falta de educação e respeito para com os convidados, principalmente para com os mais idosos.

    Os trajes são um detalhe à parte:

    Casamentos, pela manhã, têm no chapéu um detalhe de elegância sempre admirado e elegante. No casamento real os chapéus leves e os casquetes coroaram os tailleurs no estilo bloco (sapatos, tailleurs e chapéus, com os mesmos tecidos). O channel foi o comprimento predominante dos vestidos ou saias. O que se viu, reforça um erro costumeiro em casamentos no Brasil: é grosseiro usar-se vestidos longos durante o dia e, é incorreto usá-los mesmo à noite, quando os homens não estiverem usando meio-fraque ou black-tie.

    Os homens, ao usar fraques, reforçaram a tendência de alguns anos para cá, ao combiná-los com gravatas verticais em vez das tradicionais gravatas em laço (plaston). As gravatas usadas na cor vinho romperam a tradição de se usar gravatas pratas com fraques.

    O vestido da noiva, sem exageros, leve e tradicionalíssimo, enfatiza a singeleza e a beleza daquele momento. A escolha do uniforme militar, por parte do noivo, torna o traje único. Afinal, apenas militares podem usar uniforme militar e, as mulheres em geral,  vêem alguém usando uniforme militar de uma forma mais associada à imagem da realeza ou do príncipe encantado. Concordam?

    O fato mais importante que coroou o casamento real, sem dúvida, foi o visível e inquestionável grande amor, que uniu o belíssimo casal.

 

Josué Lemos da Silveira
Instrutor e Palestrante – Marketing Pessoal, Profissional e Social
Autor do Livro “Etiqueta Social Pronta para Usar”
Ed Marco Zero. 3ª Edição

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More